사회 - Sociedade · 역사 - História

O casamento e o divórcio na Coreia do Sul

O casamento na Coreia do Sul é considerado uma união entre um homem e uma mulher. Se o homem tiver 18 anos e a mulher 16, os pais do casal devem dar o seu consentimento antes de a união ser realizada. Caso os pretendentes a casamento tenham mais de 20 anos, são livres de se casarem quando bem entenderem. Como já foi referido anteriormente, era proibido o casamento entre pessoas do mesmo clã, sendo em que 1997 foi aprovada uma lei que permite esse tipo de casamentos.

Relativamente à cerimónia existem dois tipos que podem ser considerados:

  • o casamento dito tradicional  (Honrye), realizado antigamente, era realizado no jardim ou na casa da noiva. Era um cerimónia muito elaborada, com trajes especiais para a ocasião e repleto de simbologia;
  • os casamentos modernos, realizados em locais criados para o efeito, com decoração a rigor e alugados aos noivos. Outros locais podem albergar vários casamentos ao mesmo tempo, em salas diferentes. Muitos casais escolhem um casamento mais ocidentalizado, em que o noivo veste um fato e a noiva um vestido de noiva branco, realizando em seguida uma cerimónia mais recatada e pequena, seguindo os padrões do cerimónia tradicional. A cerimónia dura aproximadamente 20 minutos e não é tão formal como nos casamentos a que estamos habituados. O presente mais comum oferecido aos noivos é dinheiro, sendo que alguém estará à porta do local onde se irá realizar o casamento para receber os envelopes com a prenda.

Passemos agora para os tipos de casamento em si. Como muitos de vocês devem saber (e não, não é só nos dramas que isto acontece) existem os casamentos arranjados, caso em que os pais seleccionam alguém que acham que vai ser um bom marido ou mulher para o seu rebento. Este tipo de casamento é chamado  seon (선). Sendo que a união familiar é vista como algo importante, o facto de os pais terem “uma mãozinha” na vida amorosa dos filhos, significa que normalmente a taxa de sucesso deste tipo de encontro às cegas é superior a um encontro às cegas normal, caso o casal decida mesmo casar e a oposição familiar é praticamente inexistente. É raro haver a apenas um encontro deste tipo. Normalmente não se encontra a pessoa “certa” logo à primeira e espera-se que o casal saia durante alguns meses a um ano antes do casamento, o que leva a que a noção de casamento “arranjado” e “por amor” seja ténue, pois acaba sempre por haver algum envolvimento e sentimentos crescentes. Este tipo de situações acontece, mas são raras, sendo mais comum nas famílias ricas.

As casamenteiras também são comuns na Coreia do Sul e muitas pessoas recorrem aos seus serviços para encontrar um parceiro. A casamenteira fará então uma análise do currículo da pessoa e do seu historial familiar para encontrar alguém compatível em termos de estatuto social e financeiro.

Mas o acontece na esmagadora maioria das vezes (e ainda bem que o é), é o casamento por amor. Rapaz conhece rapariga, apaixonam-se e casam e vivem felizes para sempre.

Ou não.

A taxa de divórcios da Coreia do Sul tem vindo a crescer exponencialmente. À semelhança do Ocidente, também na Coreia do Sul os divórcios são cada vez mais comuns. Antes, o divórcio era mal visto social e profissionalmente. Por exemplo, se trabalhasses numa empresa e o teu patrão descobrisse que eras divorciado bem podias esquecer aquela promoção que tanto querias e os teus filhos seriam categorizados na escola como filhos de divorciados e seriam tratados de forma diferente, havendo mesmo um registo oficial. Se te divorciasses, os teus amigos (que grandes amigos, sem dúvida), deixariam de te telefonar e de querer estar contigo, pois o teu estuto social era diferente. Nos dias que correm já não é tanto assim, apesar de o estigma ainda existir. Existe mesmo um termo para os divorciados, dolsing (돌싱), dol (de 돌아가다, regressar, voltar) e sing (de single, solteiro), isto é, voltar a ser solteiro.

Fontes:

Wiki
Aulas de Coreano

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s