역사 - História

Romantismo – Afinal não é só nos dramas, isto já vem de trás.

Todos nós, fãs de dramas coreanos, já tivemos daqueles momentos em que nos babámos, choramos, ficámos cheias de inveja, reviramos os olhos, dissemos palavras de fúria ou ofendemos este mundo e o outro quando ouvimos as declarações de amor nos dramas. O romantismo (muitas vezes exagerado e surreal) dos dramas coreanos certamente já estragou a vida de muita mulher e tornou a vida mais difícil, pelo menos para os homens coreanos. Mas afinal não é só nos dramas que esta gente é romântica, isto já vem de trás, parece que está no sangue de alguns. (xD)

Em Abril de 1998, depois da escavação de um túmulo na cidade de Andong, na Coreia do Sul, os arqueólogos estupefactos ao encontrar o caixão de Lee Eung Tae – um homem do século XVI, mumificado, que até à sua morte aos 30 anos de idade, foi um membro do clã ancestral Yi Goseong. No seu peito estava uma carta, escrita pela sua viúva grávida e dirigida ao pai da criança que tinha na barriga. Também foram encontradas no túmulo, ao lado da sua cabeça, estas sandálias (na imagem acima) feitas de linho e dos próprios cabelos da sua mulher.

 

A Carta:

E aqui a  tradução/transcrição da carta:

“Para o pai do Won,

1 de Junho de 1586.

Tu sempre disseste, “Querida, vamos viver juntos até os nossos cabelos ficarem brancos e morrer no mesmo dia”. Como pudeste partir sem mim? Quem é que eu e o nosso meninos vamos escutar e como vamos viver? Como pudeste partir antes de mim?

Como é que me deste o teu coração e como é que eu te dei o meu coração? Quando nos deitávamos juntos tu sempre me dizias “Querida, as outras pessoas estimam-se e amam-se como nós? Eles são como nós?” Como é que pudeste deixar tudo isso para trás e partir antes de mim?

Eu simplesmente não consigo viver sem ti. Eu só quero ir para o pé de ti. Por favor leva-me para onde tu estás. Não consigo esquecer o que sinto por ti neste mundo e a minha tristeza não conhece limites. Onde colocar o meu coração agora e como posso viver com a criança, sentindo a tua falta?

Por favor, lê esta carta e diz-me em detalhe nos meus sonhos. Por que eu quero ouvir as tuas palavras em detalhe nos meus sonhos, escrevi esta carta e aqui a coloquei. Lê com cuidado e fala comigo.

Quando eu der à luz a criança que tenho na barriga, o que lhe devo chamar? Consegue alguém entender como me sinto? Não há tragédia como esta abaixo do céu.

Tu estás apenas em outro lugar, e não num sofrimento como o meu. Não limite e fim para a minha tristeza que aqui escrevo. Por favor lê atentamente esta carta e vem aos meus sonhos, mostra-te para mim e diz-me. Eu acredito que te consigo ver nos meus sonhos. Anda ter comigo em segredo e mostra-te. Não há limite para o que quero dizer e aqui paro.”

LINDO 😥

Tradução do artigo de lettersofnote

Anúncios

5 thoughts on “Romantismo – Afinal não é só nos dramas, isto já vem de trás.

  1. Acho que o amor é um sentimento muito lindo e pode fazer de todos nós poetas, mas nem todos esses poetas conseguem imortalizar o seu amor. Gostei da carta, mal sabia esta mulher que a história e a mistica da historia de amor entre ela e o companheiro dela iriam sobreviver durante tantos séculos e iria apaixonar pessoas de todas as nacionalidades.Afinal, o amor é universal e pode sobreviver sem que nunca se tenha dito uma palavras…bolas, hoje estou pachorrenta. Da minha experiência, e vocês da vossa, podemos concordar que os asiáticos em geral são muito lamechas e exageram os sentimentos. Mas se destes sentimentos exagerados continuarem a sair séries, filmes e livros, então, aprovo o seu exagero, porque no final de vez em quando, quando a vida fica muito crua e sem sentido, sabe bem ver uma série ou um filme tontinho que nos fala de amor… parabéns pelo artigo!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s