문화 - Cultura · 역사 - História · 예술 - Arte

불국사(Bulguksa) e 석굴암 (Seokguram)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Em 1995, a UNESCO juntou à sua lista de locais considerados património mundial o templo de Bulguksa e a gruta de Seokguram. Estes dois locais situam-se em Gyeonju (capital do reino Silla), na província de Gyonsangbukdo.

Foram construídos durante um período de 23 anos, tendo a sua construção começado no início de 751 durante o reino Silla, pela mão do ministro chefe Kim Daeseong (701-774).

Bulguksa está construído sobre uma série de terraços, mesclando-se com a paisagem circundante, um todo orgânico com o terreno rochoso do sopé verdejante do Tohamsan. O templo é composto pelo Seokgatap ( Pagode do Buda Histórico) e Dabotap (Pagode dos Muitos Tesouros), bem como Cheongunyo (Ponte da Nuvem Azul), Baegunyo (Ponte da Nuvem Branca) e Chilbogyo (Ponte dos Sete Tesouros) – as três escadarias são apelidadas de ponte pois fazem a ligação entre o mundo secular e o mundo espiritual de Buda. Existem muitos mais tesouros extraordinários dentro e fora do templo, incluindo estátuas de Buda em bronze coberto de ouro.
Dominando o pátio do Daeungjeon (entrada principal), estão dois dos pagodes mais bonitos da Coreia. O Seoktap de 8,3 metros de altura e o Dabotap de 10,5 metros foram construídos pelo ano de 756.

Dabotap
Seokgat

Seoktap é caracterizado pela sua simplicidade masculina e dignidade principesca e representa a subida espiritual através dos ensinamentos de Skyamuni, enquanto que o decorativo Dabotap é mais feminino e simboliza a complexidade do mundo.

Gruta de Seokguram

A Gruta de Seokguram foi várias vezes restaurada ao longo dos anos. É uma gruta artificial, com um grande Buda sentado, rodeado por 38 Bodhisattvas. A gruta, tal como muitas estruturas nas redondezas de Bulguksa, é feita de granito. Seokguram  é composta por uma antecâmara rectangular e uma câmara interior circular com um tecto abobadado, ligado por uma passagem. Esculpido de um único bloco de granito, o Buda com 3,5 metros está sentado de pernas cruzadas num trono de lótus, virado a este (nota CdC: o Buda está virado para este receber a luz da aurora, cujos raios alcançam a urna – jóia na sua testa. Diz quem viu que é uma coisa do outro mundo), com os olhos fechados em meditação e uma expressão serena e conhecedora no seu rosto. Seokguram representa uma combinação dos conhecimentos arquitectónicos, matemáticos, geométricos, físicos, religiosos e artísticos de Silla num todo orgânico e é uma das obras de arte budista mais grandiosas da Coreia.

Fonte:

Korean Culture and Information Service – Ministry of Culture, Sports and Tourism (2008), Facts about Korea”, págs. 140-143

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s