만화 - Manhwa · 문화 - Cultura

Manhwa (만화)

Primeiro Manhwa publicado em 1908

Manhwa é o nome atribuído geralmente à banda desenhada coreana mas também é usado quando se fala de desenhos animados. As palavras manhwa e manga partilham a mesma raiz etimológica, isto é a manhua (de origem chinesa), utilizando os mesmos caracteres.
Apesar de apresentar algumas semelhanças em relação ao seu parente japonês, são normalmente lidos, ao contrário do eu acontece com o manga, da direita para esquerda, como lemos aqui em Portugal e em grande parte do mundo. Além dos volumes impressos, o manhwa também pode ser editado em tiras (como nos jornais), em trabalhos mais artísticos ou em webcomics, isto é, banda desenhada publicada na Internet.
Vou agora falar um pouco de alguns manhwas que já li/estou a ler. Estes dois primeiros que vou referir foram adaptados para drama: “Goong” (궁) de Park So Hee e “Mary Neun Uibak Joong”  (매리는 외박중) de Won Soo Yeon. O primeiro é um manhwa que eu adoro e estou há espera que traduzam o resto para eu poder ler apesar de guardar no computador os originais conforme vão saindo. Passa-se na Coreia do Sul atual mas num universo alternativo, num mundo onde a monarquia não deixou de existir.

Goong

Gosto imenso da arte deste manhwa! Acho as cores das capas lindas, o traço é muito bonito. A história é genial, tem drama pontuado por momentos de comédia pura! Caso estejam interessados em ler podem fazê-lo aqui.
“Mary Neun Uibak Joong” é um manhwa que comecei a ler há pouco tempo. Sei que existe um drama com o Jang Keun Suk (gosto muito dele btw) que ainda não vi e o manhwa ainda não terminei pois ainda está a ser publicado atualmente.


Este é um manhwa light, pelo menos para já. Dos manhwas que li digamos que nenhum era assim extremamente profundo ou dramático como às vezes os mangas japoneses conseguem ser. Mas não lhes tiro o mérito por isso e são um estilo válido como qualquer um, eu gosto de lê-los na mesma, sem precisar de entrar em grandes enredos, etc. Os manhwas da Hwang Mi Ri, de quem li “Boarding House of Hunks”, “Cutie Boy” e “Idol Shopping”, tendem a ser mais shoujo, isto é, abordam temas mais românticos, normalmente com um rapaz e uma rapariga que se apaixonam, com muitas peripécias e algum drama pelo meio.

Falando um pouco sobre webcomics coreanos, que a meu ver, são de grande qualidade.
Começando por “Noblesse”: um vampiro que acorda no mundo atual, organizações maquiavélicas, zombies e um protagonista cuja iliteracia tecnológica dá azo a várias piadas. Podem lê-lo aqui. A arte é fantástica mas já li algumas críticas sobre o facto de a aparência de algumas personagens modificar (muito) no desenvolvimento da história.

Recomendo igualmente “Hanged Doll” (o primeiro webcomic que li), que tem uma forte componente psicológica e trágica. Gostei imenso de “Trace”, uma história que envolve mutantes (talvez híbridos seja a palavra mais apropriada), com superpoderes, muita ação e alguma comédia.

Fontes:
Mangafox
Manhwa wiki
Anime Network Encyclopedia
Anime Glossary

Anúncios

2 thoughts on “Manhwa (만화)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s